O Idoso quer morar sozinho, como remediar essa decisão?

Morar sozinho é algo que muitos idosos querem mesmo sem estarem em condições para isso, portanto, saber o que fazer agora pode ser fundamental para que a família e o idoso tomem a decisão correta. 

 

Preparamos um artigo falando exatamente sobre a importância dessa decisão e quanto ela pode impactar na vida de todos. Por isso, separamos aqui algumas indicações de como fazer a intervenção correta agora e como isso pode ser uma boa experiência para os dois lados. 

Como a escolha deve ser feita? 

A opção seja para morar em uma casa de repouso, de colocar um cuidador na casa do idoso ou dele não poder morar sozinho deve ser feita em conjunto com os filhos e netos. Principalmente se estamos falando de alguém de idade avançada e que a família mora longe. 

Na falta de familiares próximos é possível dizer que emergências podem surgir e o idoso não poder contar com o apoio dos familiares, sendo assim, é bem mais interessante investir em um cuidador, caso ele não aceite ficar na casa de algum familiar. 

Outro ponto são as casas de repouso e spa para idosos que ajuda muito nos cuidados de cada um deles. Lá eles possuem atividades programadas e voltadas para a realidade deles. Além disso, contam com um apoio especializado constante e direto. 

Essa decisão pode parecer um difícil, ainda mais quando nenhuma das opções for aceita pelo idoso, contudo, é o mais sábio a fazer em uma situação como está. 

O que fazer caso o idoso não admita as opções oferecidas? 

Essa pode ser sim uma situação difícil e uma decisão que não será tomada da noite para o dia. A família e o idoso precisarão levantar quais são os pontos de insatisfação dele para saber como pode ser melhorado. 

Partindo deste princípio às vezes um conselheiro pode ajudar ou até mesmo um apoio familiar como uma terapia em família para essa decisão. O mais importante é escutar o idoso agora, pois ele pode ter reclamações relevantes e precisam ser consideradas no processo de decisão. 

Saber qual é a opinião do idoso de acordo com a necessidade de família é muito importante, saber os motivos dele querer morar sozinho e o que desagrada ele no local onde está agora. 

A terapia familiar pode ajudar neste processo para abrir a clareza de informações que muitas vezes o idoso não consegue. Pode ser várias situações que o estão motivando a morar sozinho, por isso, a necessidade de investigar cada uma delas. 

Além disso, será importante que todos os familiares tenham empatia para compreender essa decisão e a presentar com clareza cada uma das opções que o idoso tem disponível como: morar sozinho com a contratação de um cuidador, colocar o idoso em uma casa repouso onde ele possa interagir com mais pessoas e tenha essa autonomia que ele busca ou até mesmo morar na casa de um dos filhos. 

Quando sei que está na hora de decidir? 

Para entender o momento certo de decidir é importante analisar quais são os pontos considerados de acordo com as necessidades apresentadas pelo idosos. Se todos os pontos levantados são relevantes e podem ser positivos para que ele se sinta importante, na maioria das vezes essa decisão pode ajudar. 

Além disso, no momento da decisão o idoso deve estar presente, para opinar, mas sempre considerar as condições atuais dos familiares e a realidade do idoso como as limitações de mobilidade. 

Caso ainda sim ele esteja resistente, vale considerar uma boa conversa para verificar o quanto essa decisão pode ser positiva para os dois lados. Neste caso podemos inclusive falar sobre os benefícios de uma casa de repouso para um idoso. 

Assim, a decisão será em comum acordo e tomada com sabedoria e conscientização das partes envolvidas neste processo, ok?

Benefícios de uma casa de repouso:

As casas de repouso proporcionam cuidados permanentes para os idosos que precisam de assistência para suas necessidades diárias. Dito isto, existem algumas casas notáveis neste nicho que também prestam cuidados a pessoas com Alzheimer e demência, bem como várias outras doenças relacionadas com a idade.

Ao residir em uma boa casa de repouso sua idosa amada será cuidada enquanto desfruta da companhia de outras pessoas de sua idade. Há também atividades saudáveis e divertidas, como jardinagem, culinária, musicoterapia, fisioterapia, comemorações e muito mais.

Socialização melhora a vida do idoso

Idosos são pessoas que precisam se socializar frequentemente como todos nós, por isso, mantê-lo trancado em casa não funciona. Em uma casa de repouso ele poderá interagir com outras pessoas, conversar e até praticar atividades físicas em grupo. 

Assim, diminuem sentimentos de solidão e depressão. Na casa de repouso não proporcionamos apenas recreações, estabelecemos relacionamento como uma família na qual os parentes e amigos dos residentes também fazem parte.

Atividades físicas direcionadas à idosos repeitando seus limites

Sim, as casas de repouso contam com uma programação completa para atender as necessidades do idoso, sendo assim, uma equipe de fisioterapeutas e educadores físicos estarão disponíveis para prática de vários esportes, incluindo atividades na água. 

Vale dizer ainda que atividades ao ar livre fazem muito bem para o idoso, por isso, um profissional especializado pode ajudar. Na casa de repouso eles podem fazer atividades que respeitem seus limites físicos ao ar livre para estabelecer relacionamento tanto entre eles como com a equipe. 

Por fim, vale lembrar que avaliar locais que proporcionem vivências saudáveis é muito importante, quanto mais bem preparado for o local, melhore será a convivência do idoso lá. O mesmo se aplica a escolha de cuidadores, eles precisam despertar essa autonomia no idoso. 

Gostou? então veja mais informações no nosso site e não esqueça de entrar em contato em caso de dúvidas!

Rolar para cima
WhatsApp WhatsApp