Fonoaudiologia para idosos

Descubra como a fonoaudiologia contribui para a qualidade de vida na terceira idade

A terceira idade é uma fase da vida que exige algumas adaptações e nem sempre é fácil aceitar as limitações trazidas pelo envelhecimento. Apesar disso, existem vários suportes para tornar o processo mais leve e garantir o bem-estar do idoso: a fonoaudiologia é uma delas. 

Ao contrário do que muita gente acredita, a especialidade vai muito além dos cuidados com a fala e é capaz de contribuir muito positivamente para manter a qualidade de vida na terceira idade. Neste contexto, vamos falar um pouco mais sobre a importância da fonoaudiologia para idosos ao longo deste conteúdo.

Para conferir os benefícios da fonoaudiologia na terceira idade e entender mais sobre o tratamento é só seguir a leitura deste post com a gente!

A importância da fonoaudiologia na terceira idade

Antes de conversarmos sobre a importância da fonoaudiologia para idosos, vamos entender mais sobre a atividade. A fonoaudiologia é a especialidade médica responsável pelos cuidados com a fala e a audição, mas suas contribuições vão muito além disso na terceira idade.

O envelhecimento natural pode trazer alguns impactos não apenas na fala e na audição, mas também na mastigação, na deglutição e até mesmo na respiração, o que pode acarretar outros problemas para os idosos. Confira alguns distúrbios tratados na fonoaudiologia:

  • Disfagia

A disfagia é um distúrbio muito comum na terceira idade e está relacionado a dificuldade de engolir alimentos. Esse processo pode ser motivado por outras doenças como o refluxo, pela dificuldade na mastigação ou até mesmo como sequelas de derrames e Parkinson. 

É preciso estar atento aos idosos com disfagia, pois esse problema pode ocasionar algumas complicações como o engasgo, asfixia e até mesmo a desnutrição pela falta de alimentação correta. 

  • Problemas na motricidade oral

A motricidade oral está ligada aos músculos da boca e da face, portanto qualquer problema com ela afeta diretamente a fala, a mastigação e a deglutição. Esses problemas podem ser causados pela atrofia muscular, ausência de dentes (muito comum na terceira idade) ou ainda pela falta de ajuste da prótese dentária. 

Uma boa motricidade oral vai garantir um dia a dia muito mais saudável ao idoso, que poderá se expressar e se alimentar sem dificuldades, além de prevenir doenças gástricas relacionadas ao sistema digestivo.

  • Presbifonia 

A presbifonia nada mais é do que o envelhecimento da voz, que pode dificultar a expressão oral nos idosos. O distúrbio causa alterações vocais geradas por tensões musculares no sistema respiratório, podendo levar a problemas na fala e na audição.

O envelhecimento da voz é um processo natural, mas a sua evolução e as implicações do distúrbio na vida do idoso vai depender de alguns fatores como o condicionamento físico, as condições mentais e até mesmo ambientais. 

Seja por processo natural ou por patologias, os tratamentos trazidos pela fonoaudiologia são essenciais para garantir o bem-estar na terceira idade e uma adaptação mais suave às alterações trazidas por essa fase da vida. 

Benefícios da fonoaudiologia para idosos

Agora que já entendemos um pouco mais sobre como funciona a fonoaudiologia e o seu papel para manter a qualidade de vida na terceira idade, chegou a hora de falarmos sobre os principais benefícios da prática na rotina dos idosos.

Listamos 4 dentre as inúmeras vantagens que os tratamentos de fonoaudiologia são capazes de proporcionar. Confira:

1. Fortalecimento das cordas vocais

O primeiro, e talvez o mais conhecido, é o trabalho de fortalecimento das cordas vocais por meio de alguns exercícios específicos. Esse tratamento é essencial para evitar que a qualidade da voz seja prejudicada.

Ao longo dos anos é comum que os músculos da laringe percam elasticidade, efeito que é sentido diretamente na fala. Neste sentido, a fonoaudiologia vai atuar para promover uma estabilidade vocal a partir do fortalecimento da laringe e melhoria na articulação da fala.

O enfraquecimento da musculatura da laringe pode ser causado de forma natural ou surgir como consequência de algumas doenças, como o Parkinson. 

2. Melhora na deglutição

Como já citamos logo no início deste conteúdo, os problemas com a deglutição são comuns na terceira idade. Sejam eles causados pelo processo natural de envelhecimento ou por alguma doença, os exercícios da fonoaudiologia são essenciais para promover uma melhora não apenas na mastigação, mas também na digestão e na respiração.

Esses exercícios de fonoaudiologia são focados em movimentos mandibulares, feitos para tratar a dificuldade de engolir alimentos, bebidas, medicamentos e até mesmo a saliva. Outro ponto muito importante aqui é a prevenção de engasgos, uma vez que vai proporcionar uma melhora na mastigação e também na digestão do idoso.

3. Estímulo para a capacidade cognitiva

A fonoaudiologia na terceira idade também vai contribuir para um ponto muito importante nessa fase da vida: a capacidade cognitiva. Estimular a memória em idosos é essencial para garantir a qualidade de vida a partir de uma rotina com mais autonomia e bem-estar.

Existem vários exercícios capazes de trabalhar as capacidades cognitivas, mas o tratamento de fonoaudiologia tem papel fundamental na prevenção de problemas relacionados às funções cerebrais. As atividades ajudam na memória, no raciocínio e também como tratamento terapêutico para pessoas que sofreram AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O AVC pode deixar sequelas e afetar diretamente a fala, por isso os exercícios de fonoaudiologia são excelentes aliados. 

4. Tratamento de doenças degenerativas

Os impactos de doenças degenerativas também podem ser reduzidos com a prática frequente de alguns exercícios proporcionados pela fonoaudiologia. As doenças degenerativas lesionam as células e por isso fazem com que o paciente perca funções vitais aos poucos e de maneira irreversível. 

Idosos que sofrem com o Alzheimer, por exemplo, são beneficiados pelos exercícios de fonoaudiologia com uma estimulação cognitiva, assim como na melhoria da comunicação. Vale lembrar aqui que a fonoaudiologia vai funcionar como um complemento a outros tratamentos previamente indicados pelo médico. 

Esses são apenas alguns dos muitos benefícios da fonoaudiologia para os idosos: lembre-se sempre de consultar o médico da família para entender as necessidades do idoso e os tratamentos mais indicados para garantir a qualidade de vida na terceira idade de acordo com cada realidade. 

Aqui no blog da Clínica Portal 8 você encontra outras dicas sobre como proporcionar o bem-estar à terceira idade, não deixe de conferir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
WhatsApp WhatsApp